Brasil avança nos números do mercado de energia eólica no mundo



Visit website

Ambiente Energia

O Conselho Global de Energia Eólica (GWEC, na sigla em inglês) divulgou nesta semana suas estatísticas do mercado anual do setor.

Em 2017, o mundo instalou um total de 52,57 gigawatts (GW) de potência à produção mundial, totalizando 539,58 GW de capacidade instalada global.

Líder mundial em instalações, a China adicionou quase 20 GW em projetos eólicos a sua matriz energética. Na sequência aparecem os Estados Unidos, que tiveram outro ano forte, com 7,1 GW instalados, e boas perspectivas para os próximos anos, em grande medida favorecidas pela compra corporativa de energia renovável por gigantes domésticas, como Google, Apple, Nike, Facebook, Walmart e Microsoft.

Apesar das crises políticas e econômicas, o Brasil instalou mais de 2 GW em capacidade de energia eólica no ano passado. No ranking dos dez países com mais capacidade de energia eólica no acumulado, o país subiu uma posição e aparece agora em oitavo na lista, com 12,76 GW, ultrapassando o Canadá, que está com 12,39 GW.